1º curso online de Jornalismo Literário abre inscrições

Estão abertas as inscrições para o primeiro curso online voltado para o ensino teórico e prático de narrativas biográficas em estilo de Jornalismo Literário, contemplando os cinco gêneros principais: memórias, perfil, ensaio pessoal, biografia e autobiografia. O curso, que possui carga horária total estimada de 20 horas, incluindo 12 videoaulas leitura de textos e prática individual de exercícios, é ministrado pelo jornalista, escritor e professor Edvaldo Pereira Lima,  que também é Doutor em Ciências da Comunicação pela USP (Universidade de São Paulo).

Inscrições até 25/07/2017 tem direito a preço promocional.

Conteúdo

Módulo 1Gêneros
Aula 1 – Histórias de Vida
Aula 2 – Memórias
Aula 3 – Ensaio Pessoal
Aula 4 – Perfil
Aula 5 – Biografia
Aula 6 – Autobiografia

Módulo 2Storytelling
Aula 1 – A Arte de Contar Histórias
Aula 2 – Os Dois Mundos do Protagonista
Aula 3 – Planejamento e Execução

Módulo 3Escrita
Aula 1 – Redação e Edição
Aula 2 – Transmídia
Aula 3 – Ética e Consciência Evolutiva

Aula Bônus

Pontos relevantes do curso são as técnicas narrativas especiais do método Escrita Total de redação espontânea, desenvolvido por Edvaldo Pereira Lima, e a Jornada do Herói como instrumento de estruturação de narrativas de histórias de vida reais.

 

Objetivo do curso

Instrumentalizar participantes a escrever narrativas biográficas, incluindo os gêneros biografia, autobiografia, perfil, memórias e ensaio pessoal. Compartilhar o conhecimento do estado da arte desse campo.

 

Público alvo
Pessoas interessadas em escrever narrativas biográficas de qualquer gênero, incluindo jornalistas, escritores e profissionais da área de Comunicação Social, assim como pessoas movidas para esse objetivo motivas por vontade pessoal, independentemente de sua profissão ou estudos acadêmicos originais.

Metodologia
Videoaulas, leituras programadas, exercícios, fórum de diálogo e apoio extra via email.

 

Curso com certificado de 20 horas.

curso online

Clique aqui e veja  apresentação do curso pelo jornalista Edvaldo Pereira Lima

Anúncios

“O Mercado de Notícias”, um documentário sobre Jornalismo

Em breve no site www.omercadodenoticias.com.br um documentário estará disponível para visualização. O longa metragem, dirigido pelo cineasta Jorge Furtado, discute a mídia, a democracia, a importância do jornalismo na sociedade e faz uma reflexão sobre a atividade jornalística. No site do filme, Furtado apresenta:

“O roteiro do documentário ‘O Mercado de Notícias’ tem como linha condutora a peça homônima do dramaturgo inglês Ben Jonson (1572- 1637), “The staple of news”. A peça de Jonson foi encenada pela primeira vez em 1626, em Londres, e esta é sua primeira tradução para a língua portuguesa, feita por mim e pela professora Liziane Kugland. A peça é uma crítica bem humorada a uma atividade recentemente criada, uma novidade em Londres: o jornalismo.

O Mercado de Notícias, o filme, traça um painel sobre mídia e democracia, incluindo uma breve história da imprensa, desde o seu surgimento, no século 17, até hoje, destacando seu papel na construção da opinião pública, seus interesses políticos e econômicos.

O documentário enfatiza dois aspectos destacados na peça de Ben Jonson: o primeiro o debate sobre a credibilidade da notícia, que inevitavelmente contraria e favorece interesses; o segundo é a necessidade constante e crescente de informações, a demanda por notícias que acaba por se tornar entretenimento.

Além dos trechos da peça e de pequenos documentários sobre a história do jornalismo, o filme traz entrevistas com treze grandes jornalistas brasileiros. Estas entrevistas, onde os profissionais compartilham suas experiências e percepções acerca da profissão – presente, passado e futuro – estão também disponíveis aqui no site, em versões ampliadas.

Acredito que um documentário, para ser durável – e ele deve ser, mais que uma notícia -, tem que ser útil, no sentido de iluminar um tema, uma atividade, uma época. Deve servir de elemento deflagrador de debates, instigar novas pesquisas, despertar nos espectadores aquilo que o Umberto Eco chama de ‘espírito de decifração’.

“O Mercado de Notícias” debate critérios jornalísticos, e este é o seu sentido e o sentido da peça de Jonson. É também uma defesa da atividade jornalística, do bom jornalismo, sem o qual não há democracia.”

o mercado de notícias documentário - jornalismo

Nomes como Geneton Moraes Neto, Janio de Freitas, Luis Nassif, Mino Carta, Cristiana Lôbo, entre outros jornalistas são expostos no filme. O trailer está disponível para visualização no canal do Youtube da Casa de Cinema de Porto Alegre. Confira:

 

Lançado em dois festivais de cinema em abril (festival “É tudo verdade”, no Rio Grande do Sul e no festival audiovisual “Cine PE”, em Pernambuco) o documentário ganhou o título de melhor documentário no segundo festival (Cine PE).

Até a disponibilização do documentário no seu site, a produção do filme está lançando entrevistas com jornalistas participantes do longa. Já podem ser visualizadas a entrevista com os jornalistas Janio de Freitas e Renata Lo Prete:

 

Agora, jornalistas, é só esperar para ver a obra que, ao que tudo indica, é uma grande reflexão sobre o exercício da profissão no séc. XXI.