Famecos recebe Conferência Internacional de Jornalismo Literário

Aula sobre Jornalismo Literário em Português e na Europa será aberta ao público

“O Jornalismo Literário amplia a verdade dos fatos”, acredita o professor da Faculdade de Comunicação Social da PUCRS (Famecos) Juan Domingues, membro da IALJS (Associação Internacional de Estudos em Jornalismo Literário). A 11ª edição da Conferência Internacional de Estudos em Jornalismo Literário ocorre na PUCRS, entre os dias 19 e 21 de maio, com o tema Contando Histórias Não Contadas, será uma oportunidade para conhecer mais o gênero.

As atividades dos três dias são fechadas para os integrantes da associação. Alunos e professores interessados vão ver uma aula aberta com o tema “Jornalismo Literário em Português e na Europa”, com as pesquisadoras da Universidade de Lisboa Alice Trindade e Isabel Soares. A aula ocorre no auditório da Famecos na terça-feira, 17 de maio, às 20h. Não é necessário realizar inscrição.

Para o professor Juan Domingues (foto) o repórter de Jornalismo Literário deve ter atenção a narrativa e aos detalhes

Para o professor Juan Domingues (foto) o repórter de Jornalismo Literário deve ter atenção a narrativa e aos detalhes

Na definição de Norman Sims, presidente da IALJS, o Jornalismo Literário envolve a imersão do repórter por um longo período de tempo, com voz ativa do autor e uso de ferramentas associadas à ficção, mas com acréscimo da precisão do jornalismo. Além disso, explica que o texto trata de pessoas comuns, e não de celebridades ou políticos.

Domingues conta que a associação é uma entidade multicultural, por envolver pesquisadores de diversos países, como China, Polônia, Finlândia, Áustria, Reino Unido, Canadá e África do Sul, por exemplo. Na PUCRS, estarão presentes membros de 17 países e de 50 universidades. Entre eles, estão jornalistas que trabalharam em jornais como The New York Times, The Washington Post, The New Yorker e Chicago Tribune. Segundo o professor, o repórter de Jornalismo Literário deve ter atenção a narrativa e aos detalhes. “Tudo no jornalismo literário tem mais profundidade”, finaliza.

__________________________

Matéria produzida e publicada originalmente pela Redação Ascom da PUCRS.

Anúncios